domingo, 12 de outubro de 2014

Irei explicar mais ou menos como é o meu raciocínio na hora de pintar. Usei a foto abaixo como referência (infelizmente não sei o nome do fotógrafo), o personagem é o Steve Harris, baixista do Iron Maiden. O programa que usei foi o Photoshop CS6.


A primeira coisa que faço é captar a direção das formas. Ignoro totalmente os detalhes, a única coisa que importa nessa etapa são linhas que sugerem movimento.


Depois que estabeleço o movimento, eu trabalho a silhueta do personagem. Agora é o momento que corrijo a proporção e defino melhor o contorno da figura.


Agora eu trabalho os detalhes com linhas.


Depois comecei trabalhar luz e sombra em tons de cinza. A bolinha ao lado serve para me orientar na hora iluminar os planos da figura. Nessa etapa eu trabalho com as cores bem marcadas, faço o degradê bem simplificado e ignoro os detalhes. O que importa é apenas a iluminação dos planos


Um jeito rápido de colocar a cor base é aplicar o Gradient Map (Layer / Creative new fill or adjustment layer /  Gradent map). Escolhi laranja escuro para as sombras e laranja claro para as luzes. Coloquei a camada do gradient em cima da camada do personagem, segurei alt e cliquei entre as duas camadas. Assim a cor vai colorir apenas o personagem. Neste caso o blend options ficou interessante com Hard Light, mas normalmente o Overlay fica melhor.

 

O baixo tava ficando uma porcaria, então achei melhor usar um modelo 3D para facilitar o meu trabalho. Na platéia também usei uma foto e pintei por cima.


Agora eu mesclo a camada do gradient e do personagem (ctrl+alt+E) e vou trabalhando as cores (com o blend options no normal). Este é o momento de se preocupar com detalhes e melhorar o degradê das cores. Repare que eu usei cores quentes no personagem para constrastar com o fundo de cores frias.


Up the Irons!!!

10 comentários:

  1. \m/ Up the irons, metalheads!!!! Mto boa a explicação do seu processo, cara!!!!

    ResponderExcluir
  2. :D Nunca tinha usado o Gradient Map pra isso...bem legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai gostar de brincar com o Gradient Map, Laís

      Excluir
  3. Excelente tutorial! É sempre muito legal saber como é o processo de criação de um artista, ainda mais quando ele compartilha suas técnicas. Parabéns pelo talento e generosidade. Ganhou mais um fã.

    ResponderExcluir
  4. Excelente tutorial! É sempre muito legal saber como é o processo de criação de um artista, ainda mais quando ele compartilha suas técnicas. Parabéns pelo talento e generosidade. Ganhou mais um fã.

    ResponderExcluir